POLÍTICA / PREFEITURA

Voltar

PDT fecha posição contra o impeachment de Dilma

- 22 de Janeiro por Querência News com G1

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou nesta sexta-feira (22) que o partido, por unanimidade, vai se posicionar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. A votação do partido para fechar a questão foi realizada no início da reunião  do diretório nacional do partido, em Brasília.

O primeiro item do encontro foi decidir pelo posicionamento do partido em defender ou não o mandato de Dilma. Antes da votação Carlos Lupi se pronunciou defendendo a presidente. "Não há nenhum fato legal. Não há prova. Não há nenhum fato que coloque ela em cheque a qualquer investigação. Ninguém pode terceirizar o crime", disse o pedetista.

Lupi afirmou que os membros do partido que eventualmente não seguirem o entendimento do diretório estariam sujeitos a "medidas previstas no estatuto".

Na reunião, Lupi também anunciou o ex-ministro Ciro Gomes como pré-candidato do PDT à presidência da República nas eleições de 2018.

mais populares
Anuncie grátis aqui !